Browsing Category

Os ligamentos

luxacao acromioclavicular

Luxação acromioclavicular

As articulações, Lesões do esporte, Luxações, Os ligamentos, Prevenção de lesões Por 23 de novembro de 2015 Tags: , , , 2 Comments

Muitas pessoas sofrem com a luxação acromioclavicular! Veja aqui se você é uma delas.

luxação acromioclavicular poderia ser chamada de luxação da clavícula, pois é a porção lateral deste osso que “sai do lugar”. Essa parte lateral da clavícula junta-se com o acrômio (osso que dá formato ao contorno do ombro) e constitui a articulação acromioclavicular. A rotura dos ligamentos desta articulação quando caímos sobre o ombro gera essa luxação.

Compatilhar:
Pronação dolorosa

Pronação dolorosa

As articulações, Luxações, Os ligamentos Por 15 de novembro de 2015 Tags: , , , , No Comments

Mães e pais, tenham precaução com a pronação dolorosa!

Quem nunca puxou uma criança pela mão ou pelo punho?  É possível imaginar o risco que a criança corre quando isso acontece? Se você nem imagina o que pode acontecer, fique atento(a) ao conteúdo deste post.

O perigo está presente em situações muito comuns do cotidiano. Todos os dias, sem percerber o risco, crianças acabam sendo “penduradas” pela mão ou punho, “puxadas” enquanto se recusam a andar e jogam-se ao chão para fazer “birra”, ou ainda brincando de “balanço” com um adulto que as seguram pelos punhos. Isso pode causar o que chamamos de pronação dolorosa do cotovelo

Compatilhar:
luxação do ombro

Luxação do ombro

As articulações, Informações aos pacientes, Luxações, Os ligamentos, Trauma Por 3 de novembro de 2015 Tags: , , , No Comments

Muita atenção com a luxação do ombro!

Luxação do ombro é o nome que se dá à perda completa ou parcial da congruência desta articulação. Ela funciona como uma chave de boca em uma porca, ou como uma dobradiça, bem encaixadas. Chamamos de luxação quando esse encaixe deixa de ser perfeito.

O ombro (articulação glenoumeral) apresenta uma grande incidência de luxações quando comparado a outras articulações, sendo responsável por cerca de 45% dos casos em todo o nosso organismo. É a articulação que mais “sai do lugar”. Isso se deve a anatomia única e altamente diferenciada para a realização de movimentos em quase todas as direções.

Compatilhar: